14Set
2017
0

Diferentes?

É possível que, durante a puberdade, algumas raparigas ou alguns rapazes comecem a sentir-se atraídos por pessoas do mesmo sexo.
Se isto acontece de modo estável durante a idade adulta, diz-se que a pessoa tem uma orientação homossexual, quer seja homem ou mulher. Também pode suceder que continuem a ser igualmente atraídos por pessoas do mesmo sexo e do sexo oposto.

Nesse caso diz-se que são bissexuais. Quando uma mulher ou um homem se sentem atraídos por uma pessoa do outro sexo, são heterossexuais. É importante saber que a homossexualidade e a bissexualidade não são doenças nem comportamentos imorais, mas expressões das diferenças sexuais do ser humano. Na nossa cultura herdámos valores morais que estabelecem como «normais» e desejáveis apenas as relações heterossexuais, por isso muitas pessoas desprezam e maltratam aqueles que são homossexuais ou bissexuais, usando como justificação crenças e preconceitos absurdos e inadmissíveis.

Para alguns, principalmente entre os adultos ou as pessoas antigas, não é fácil superar estes preconceitos e compreender a complexidade e as muitas variantes da sexualidade humana. Mas é necessário que todos aprendam a respeitar também aqueles cujas escolhas não compartilham ou não entendem, e a conviver em harmonia com os outros.
Durante a puberdade, a orientação sexual começa a delinear-se com maior precisão. Nesta fase da vida as relações heterossexuais, homossexuais ou bissexuais poderão significar unicamente uma experiência na procura e no desenvolvimento da própria orientação sexual.
Se tens necessidade de mais informações ou te sentes confuso/a a este respeito, pode ser útil falares com uma pessoa em quem confies e que te ajude a procurar o conselho de profissionais competentes em assuntos de sexualidade.