04Set
2017
0

Estar apaixonado/a

É difícil explicar o que é o amor, mesmo para os adultos. Ama-se ou não se ama, e pronto. O que é certo é que o amor pode ser felicidade louca ou tristeza total e que toda a gente já amou alguém, um dia. E mesmo quando sofremos, temos vontade de amar e de sermos amados outra vez, pois isso faz-nos sentir vivos.

O que é estar apaixonado?
Temos amigos e amigas, o que é fixe. E depois, de repente, há uma pessoa que achamos diferente das outras: mais bonita, mais simpática, mais tudo. E achamos sempre que a pessoa por quem estamos apaixonados é espectacular, mesmo que use óculos ou que tenha um nariz de batata.

O que é que se passa na nossa cabeça?
Ficamos sonhadores, não prestamos atenção ao resto do mundo, podemos mesmo passar a ligar menos aos nossos amigos, pois andamos sempre com a imagem da pessoa que amamos na cabeça. Pensamos nela o tempo todo. Temos
vontade de a ver todos os dias e ficamos super excitados quando sabemos que nos vamos encontrar com ela.

O que é que se passa no nosso corpo?
Quando vemos a pessoa que amamos, o nosso coração bate muito depressa. Quando ela não esta perto de nós, remos tantas saudades que podemos sentir grandes dores de barriga. E alguns ficam de tal maneira angustiados que até vomitam!

O que é um desgosto de amor?
E quando estamos apaixonados por uma pessoa que não gosta de nós; é muito doloroso. E como se nos tirassem o melhor presente do mundo. Mas quando nos recompomos, compreendemos que não éramos feitos um para o outro, porque o amor só é fixe quando é retribuído.

Pode deixar-se de estar apaixonado?
Sim. Por vezes, deixamos de estar apaixonados porque já não nos apetece. E a vida! E outras vezes, porque a pessoa que amamos não nos ama, e nós preferimos deixar de a amar para não sofrermos mais.

É possível ficar triste para toda a vida?
No início pensamos sempre que sim e que nunca mais nos vamos recompor. Mas depois, um dia, isso passa. Há que dar tempo ao tempo.

É possível obrigar alguém a apaixonar-se?
Se há coisa em que não se pode mandar, é no amor! Podemos tentar seduzir alguém de mil e uma maneiras, mas se a coisa não vai lá com doçura, muito menos utilizando a força.

Pode estar-se apaixonado por um primo?
Já aconteceu a muita gente! Os primos podem andar de mão dada e dar beijinhos, mas é tudo. Não nos podemos casar com alguém da nossa família, porque essa pessoa é do nosso sangue. Não podemos fazer um bebé com alguém do mesmo sangue que nós.